escoliose e esportes

Escoliose e Esportes

A escoliose se manifesta tipicamente durante a fase do rápido crescimento na pré-puberdade. Esta é uma fase muito delicada, em que rápidas mudanças ocorrem no corpo e o colocam a prova toda a capacidade de controlar nosso corpo e de executar movimentos. É por isso que ter uma musculatura treinada, tonificada e elástica além de ter uma boa coordenação e controle do corpo torna muito mais fácil passar por este delicado momento. Todas essas habilidades são garantidas por uma atividade desportiva regular. É por isso que proibir a atividade física é errado.

O esporte em si, cria um físico treinado e pronto para terapias que devem ser feitas. Isto é muito útil, caso seja necessário, se a terapia consistir em exercícios fisioterapêuticos específicos, porque você poderá fazê-los de forma mais rápida, melhor e eficaz; se a terapia é o colete, a estimulação da musculatura respiratória é crucial. Ao aspecto físico devem ser adicionados os benefícios psicológicos (para permanecer no seu grupo, aprender a ganhar e perder, aprender a estar com os outros em uma forma útil …) que não podem ser esquecidos.

A escoliose e esportes não são antagônicos e ela não contra-indica de forma alguma a prática de esportes de qualquer tipo, incluindo corridas. Cada esporte tem seus méritos e suas falhas, mas não são absolutamente proibidos ou fortemente recomendados. Se necessário, a escoliose deve ser tratada com terapias específicas que irão compensar os possíveis efeitos negativos do esporte escolhido pelas crianças.

No caso da atividade competitiva, há esportes que podem expô-lo ao risco de agravamento da escoliose, nestes casos, as escolhas têm de ser vistas em cada caso em conjunto com o seu médico.

Se a escoliose tiver uma curva superior a 30 °, é bom consultar um especialista caso você pretenda realizar atividade física intensa (mais do que duas vezes por semana) para identificar qualquer contra-indicação e neste momento você pode descobrir com surpresa que mesmo a natação pode ser contra-indicada se não for acompanhada de exercícios estabilizadores da coluna.

Texto original em italiano: Blog – ISICO

Toda tradução do Isico – Itália tem a autorização explicita e exclusiva para Projeto Escoliose Brasil

 

[ct_leading]AJUDE-NOS A PROMOVER O CONHECIMENTO SOBRE A ESCOLIOSE, COMPARTILHE ESTE POST[/ct_leading]

Escoliose e esportes
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.