escoliose para exercícios

Exercícios para escoliose: o que fazer e o que não fazer

Exercícios para escoliose: o que fazer e o que não fazer

Nem todos os exercícios para escoliose são iguais e nem todos funcionam. Ou melhor, nem todos os exercícios geralmente ensinados e utilizados para escoliose são realmente específicos e adequados. Você pode se deparar com exercícios ineficazes porque são inespecíficos, ou prejudiciais, que em vez de conter a evolução da escoliose irá promover a sua piora. 
 
Mas como posso saber se meu filho está fazendo as coisas certas?
 
Não é fácil de entender, mas há alguns detalhes que podem ajudar a clarear esta ideia. Vamos ver quais são.
 
Exercícios feitos em grupo e os mesmos para todos?
 
Se sua filha faz exercícios em grupo, você tem que descobrir se os exercícios são os mesmos para todos, ou diferenciados e programados individualmente a cada menina. Cada escoliose e cada paciente é único, e apenas um programa personalizado pode ser verdadeiramente eficaz. Se o grupo todo realiza os mesmos exercícios o tratamento não é específico.
 
Os exercícios são realizados somente no chão?
 
Alguns dos métodos dos quais não temos nenhuma evidência trabalham as meninas principalmente na posição deitada, enquanto o trabalho específico deve ser realizado principalmente na posição sentada e em pé. Pode haver alguns exercícios no chão, mas não se pode trabalhar somente nessa condição. Um dos principais objetivos dos exercícios específicos para escoliose é  obter um reforço de suporte da musculatura da coluna, e isso só pode ser alcançado agindo para neutralizar a força da gravidade.
 
Se deve apenas alongar a coluna?
 
O alongamento das costas pode ser muito prejudicial para aqueles que sofrem de escoliose se praticado muito intensamente e não balanceado com um trabalho adequado de reforço muscular. A musculatura não necessita somente ser alongada, mas também reforçada de modo específico, a fim de garantir uma melhor sustentação à coluna vertebral.
 
A auto-correção foi ensinada?
 
A auto-correção é o coração do tratamento da escoliose através dos exercícios. É um movimento ativo, que é normalmente implementado na posição de pé ou sentada recuperando o alinhamento da coluna vertebral. Na prática, se deve mover a coluna nos três planos do espaço (não se esqueça que a escoliose é tridimensional) a fim de recuperar o alinhamento fisiológico. A partir deste movimento é que, em seguida, realiza-se o reforço específico de musculatura. Os exercícios tonificantes (de força) de sua filha são realizados em auto-correção? Não? Ou não pode responder? Se você não puder responder, quase certamente a auto-correção não foi ensinada, e não está se realizando um trabalho específico para escoliose.
 
Mas por que a auto-correção é importante?
Há pelo menos três boas razões
 
1) Porque segundo os especialistas da SOSORT a auto-correção é a base do tratamento para escoliose com exercícios.
 
2) Todas as escolas de tratamento para escoliose que publicaram provas científicas de eficácia são baseadas na auto correção, embora possam aplicar de forma um pouco diferente entre si.
 
3) O ISICO já demonstrou com seus estudos que a auto-correção torna os exercícios mais eficazes e específicos. Isto foi recentemente confirmado por um estudo que demonstrou 
que para o mesmo tipo de exercício a auto correção faz a diferença em termos de eficácia​​!​
 
Este texto é uma tradução com autorização exclusiva do Site do Dr. Fabio Zaina, médico italiano membro do Staff do ISICO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*