Método Schroth

O método de Schroth é um método de exercícios que visam melhorar o componente postural da curva, reduzindo assim a carga assimétrica e diminuindo o poder do ciclo progressivo.

Na Alemanha, o método Schroth se tornou a mais reconhecida abordagem baseada em exercício, para o tratamento conservador da escoliose. A Asklepios Katharina-Schroth-Klinik oferece um programa intensivo de terapia (em regime de internato) principalmente coberto por seguros de saúde alemães por 3-5 semanas para crianças, adolescentes, e também para adultos portadores.

O método Schroth de exercícios é mais comumente aplicado aos tipos estruturais de escoliose, como a escoliose idiopática e a escoliose degenerativa de adultos. Porém logo no início do seu desenvolvimento, começou abranger alterações posturais da caixa torácica e do tronco, como Hipercifose e Hiperlordose.

Geralmente o Método Schroth é aplicado em curvas de escoliose com ângulo Cobb de 15 - 50+ graus. Em alguns casos, aplicamos o Schroth a curvas menores se outras abordagens de manejo não tiverem sido bem sucedidas.

Como a aprendizagem do método de Schroth requer um certo nível de concentração e compreensão, a consideração desses fatores é importante quando se trabalha com crianças. O método de Schroth, por esta razão, não é rotineiramente aplicado a crianças com menos de 10 anos de idade, no entanto, exceções são feitas e certamente há informações que podem ser passadas aos pais sobre as estratégias globais para influenciar o alinhamento de uma criança pequena.

A educação do paciente é de extrema importância neste processo e é fornecida continuamente pelos fisioterapeutas do Instituto de Escoliose.

Os pacientes são ensinados sobre a anatomia básica de sua coluna vertebral e postura geral e como sua curva específica de escoliose se apresenta.

Aos pacientes são ensinados a autoconsciência, os princípios para correção e a importância da repetição para alcançar a mudança postural e a força de resistência para mantê-la. O treinamento inclui as atividades da vida diária, tais como subir escadas, passar da posição sentada para  de pé, caminhar e pegar objetos do chão.

Muitas vezes, um grupo inicial de sessões supervisionadas é recomendado para maximizar a aprendizagem e a adoção bem-sucedida de uma posição corporal melhorada. Isto está de acordo com as três fases da aprendizagem motora: Cognitiva (alto nível de consciência necessária), Associativa (muitas repetições para reforçar posturas e movimentos corrigidos) e Autónoma (adoção automática de posturas e hábitos de movimento ideais).

Como a própria gravidade encoraja diretamente a postura escoliótica, é necessária uma força contínua ao longo da vida. Após um programa de tratamento você terá um programa de exercícios, abrangente e especifico para o seu tipo de curva e necessidades,