Menu fechado

Projeto

Projeto Escoliose, o que é?


escoliose-projetoescoliose_logoProjeto Escoliose Brasil é inovador e exclusivo no nosso país. Trata-se de um projeto de alta responsabilidade social, porque visa também o atendimento de pessoas menos favorecidas economicamente. Levará conhecimento a população sobre o impacto da escoliose na sociedade, principalmente em crianças e adolescentes, proporcionando pesquisa e estudos, atendimento fisioterapêutico, médico e psicológico, gerando assim o bem estar dos pacientes. Consiste em ações coordenadas, atuando em diferentes frentes no campo da educação, atividades clínicas e informação. Por meio de todas estas ações e atividades, espera-se que o Projeto Escoliose Brasil se torne uma referência e mude a realidade dos que convivem com a escoliose no Brasil.

Na área da educação, a meta é implantar um programa real e consistente na triagem da escoliose nas escolas particulares e públicas. O teste que deve ser feito nas crianças e adolescentes é simples, rápido, não requer recursos financeiros elevados e é extremamente importante. Assim, é possível aumentar consideravelmente o número de detecção precoce da doença e encaminhar os pacientes para avaliação médica e tratamento especializado conservador (não cirúrgico), antes que seja tarde demais e tenham que enfrentar uma cirurgia complexa e arriscada. Também está prevista a criação de um centro de formação profissional na área da fisioterapia especializada, tendo como suporte educacional o ISICO – Instituto Cientifico Italiano da Coluna Vertebral, com sede em Milão, Itália. O objetivo é capacitar médicos e fisioterapeutas de diferentes partes do Brasil, para que um maior número de pacientes tenha acesso ao que há de mais moderno no tratamento da escoliose no mundo.

Na área de atividades clínicas, o projeto prevê a formação e instalação do Istituto da Escoliose e Coluna Vertebral, um centro de excelência e referência em tratamento conservador no Brasil para crianças e adolescentes menos favorecidos. Nosso ideal envolve médicos que estejam preocupados com o bem estar destas crianças e adolescentes e entendam que o tratamento conservador é uma ferramenta real e atual, que ajuda a melhorar as perspectivas dos jovens portadores da escoliose. Os pacientes do Instituto terão acesso a atendimento coordenado e multidisciplinar de suporte para a escoliose, composto por profissionais da área da saúde: fisioterapeutas, médicos, psicólogos, e também educadores, assistentes sociais, entre outros. A fisioterapia especializada, principal atividade clínica do centro, já conta com muitos avanços no tratamento da escoliose. É extremamente importante e trata-se da principal técnica, que junto com o colete ortopédico, permitirá alcançar resultados positivos reais na estabilização e correção das curvas. O Instituto da Escoliose irá gerar avanços na área da informação, pesquisa, publicação, atendimento clínico e formação profissional na fisioterapia especializada. O mais importante é que o novo método de tratamento que será utilizado no centro, demanda muito menos recursos financeiros para atender a sociedade necessitada, sendo por isso, um programa que melhor se adequa à realidade socioeconômica brasileira.

​Na área de informação, geramos as informações necessárias para “educar” e “conscientizar” a sociedade brasileira, que atualmente ainda se encontra desinformada. Fazemos isto por meio de palestras sobre a escoliose em locais apropriados para o público específico, encontros e divulgação na imprensa. Ações coordenadas com informações sobre a patologia já foram criadas por nós, como a TV Escoliose, o site do Projeto Escoliose Brasil, além do livro e do blog da jornalista e escritora, Julia Barroso – “A menina da coluna torta” – e do blog da Dra.Patrícia Mentges, fisioterapeuta especializada em escoliose, de nome “Fisioterapia para seu bem estar”.